Polarização - Atividade Óptica

 Autores: Me. Giselle dos Santos Castro - Universidade Federal do Ceará - UFC
                  Dr. Nildo Loiola Dias - Universidade Federal do Ceará - UFC

CONTROLES: 

- Escolha uma das substâncias opticamente ativa.
- Escolha o filtro de cor.
- Utilize o cursor “Concentração da Solução” para definir a concentração da solução.
- Utilize o cursor “Comprimento do Reservatório” para definir o comprimento que a luz percorrerá dentro da solução.
- Clique no ponto situado na borda do analisador para rotacioná-lo, de modo a medir a rotação no plano de polarização da luz provocada pela substância opticamente ativa em estudo.
- Marque a caixa de seleção “Solução com concentração desconhecida” para a escolha de uma solução com concentração desconhecida de substância opticamente ativa, para análise.

DESCRIÇÃO DA SIMULAÇÃO:

Esta simulação permite estudar a atividade óptica de uma substância em função do comprimento de onda (da cor) da luz utilizada, da concentração da solução e do comprimento que a luz percorre dentro da solução. Há a possibilidade de escolha de uma substância opticamente ativa dentre três possibilidades (Frutose, Glicose e Sacarose). Na simulação, uma fonte de luz branca à esquerda, pode ter somente uma cor transmitida, escolhendo-se um dos quatro filtros de cor. A luz monocromática transmitida pelo filtro de cor, incide em uma lâmina polarizadora, é polarizada, e em seguida atravessa um recipiente contendo uma substância opticamente ativa. Um filtro analisador permite determinar a rotação do plano de polarização provocada pela solução da substância em estudo. Também é possível analisar uma solução, de cada uma das três substâncias opticamente ativa, com concentração desconhecida de modo a determinar a concentração.

 

Para a análise dos dados consulte um dos ROTEIROS propostos.