Arquivos > Termodinâmica

Dilatação Térmica

Esta simulação representa um Dilatômetro Linear que permite o estudo da dilatação térmica de 5 materiais diferentes em função da variação da temperatura com a utilização de um BANHO TÉRMICO. O BANHO TÉRMICO, faz circular um líquido (representado em azul) no interior de um tubo oco (amostra), aquecendo-o. O BANHO TÉRMICO indica sempre a temperatura do líquido em um dado instante (consideraremos que a temperatura do tubo oco do material em estudo é sempre igual à temperatura indicada no BANHO TÉRMICO). A temperatura pode variar de 25 ºC (temperatura ambiente) até uma temperatura máxima de 150 ºC. Cada amostra é fixada no dilatômetro no ponto indicado pela seta vermelha e tem sua extremidade direita livre, que toca o pino do RELÓGIO COMPARADOR. Sempre, antes de iniciar o aquecimento, o RELÓGIO COMPARADOR deve ser zerado. Uma régua permite a medida do comprimento efetivo inicial da amostra, isto é, o comprimento inicial (Lo) do tubo oco que se dilatará de modo a influenciar o RELÓGIO COMPARADOR. O comprimento efetivo da amostra corresponde à medida do ponto indicado pela seta vermelha à extremidade direita onde o TUBO OCO toca o pino do RELÓGIO COMPARADOR. O BANHO TÉRMICO deve ser ligado e a temperatura final deve ser escolhida no botão seletor de temperaturas. Se a temperatura escolhida no botão seletor for menor do que a temperatura corrente, o BANHO TÉRMICO resfriará. Para dar início ao aquecimento/ resfriamento, o botão START deve ser pressionado.

 Somente inscritos 

Transformações Gasosas

Esta simulação representa um cilindro que pode ser preenchido parcialmente com um gás (dentre 4 opções) nas CNTP. Cada gás tem uma quantidade fixa de moles. Um termômetro digital mostra a temperatura em oC; um manômetro digital mostra a pressão do gás em atm e o volume do gás, em litros, pode ser lido em uma escala na lateral do cilindro. A simulação permite fixar uma das variáveis (Volume, Temperatura ou Pressão) e variar as demais. Ao fixar o volume, a tampa do cilindro trava, a temperatura pode ser alterada e consequentemente a pressão se altera. Ao escolher uma temperatura para o gás, o gás vai aquecendo (ou resfriando) “lentamente” até atingir a temperatura escolhida pelo usuário. Ao fixar a temperatura, o volume pode ser alterado e consequentemente a pressão se altera. A alteração do volume (e da pressão) ocorre devido à colocação de um peso sobre a tampa do cilindro. Ao escolher o volume desejado o peso sobre a tampa do cilindro permanece fixo enquanto o gás evolui para o equilíbrio. Ao fixar a pressão, o usuário pode alterar o volume (e consequentemente a temperatura) ou a temperatura (e consequentemente o volume). Na simulação estão indicados os intervalos de variação do volume, da temperatura e da pressão, programados.

 Somente inscritos